Tudoem Mogi das Cruzes
Tudoem Mogi das Cruzes Tudoem Mogi das Cruzes Tudoem Mogi das Cruzes Tudoem Mogi das Cruzes Tudoem Mogi das Cruzes Tudoem Mogi das Cruzes
Close
Fechar
Conheça as outras cidades onde o Tudoem esta presente
Tudoem Mogi das Cruzes

Erradicação do Trabalho Infantil

Fonte:Prefeitura de Mogi das Cruzes
Tudoem Mogi das Cruzes
Tudoem Mogi das Cruzes

Materiais serão utilizados para ampliar as ações do Programa de Erradicação do Trabalho Infantil

A Prefeitura de Mogi das Cruzes realizou nesta feira (07/02) o Lançamento dos materiais lúdicos do PETI – Programa de Erradicação do Trabalho Infantil: o Gibi Turma da Mônica “Trabalho Infantil, Nem de Brincadeira” e o Jornal “Aprenda a Dizer Não ao Trabalho Infantil”. Os informativos fazem parte do plano de ação realizado pela Secretaria Municipal de Assistência Social e que será executado em parceria com a Secretaria Municipal de Educação e entidades sociais parceiras.

O objetivo é desenvolver um plano de ações preventivas com as escolas municipais e serviços de convivência e fortalecimento de vínculos. No total, serão beneficiados 28.425 crianças e adolescentes da cidade. Os gibis serão trabalhados com as crianças menores, enquanto os jornais serão utilizados pelos maiores. “Essa é mais uma união de esforços para garantir ações de proteção às nossas crianças e adolescentes”, explicou a secretária municipal de Assistência Social, Neusa Marialva.

Na abertura do evento, a coordenadora do PETI, Célia Tolentino, apresentou detalhes do programa e também do projeto. “Nossa proposta é trabalhar os novos materiais no primeiro semestre deste ano para organizar a apresentação de resultados em comemoração ao Dia Mundial de Combate ao Trabalho Infantil, celebrado no dia 12 de junho”, adiantou.

O PETI é um programa da Política Nacional de Assistência Social com objetivo de promover ações de proteção às crianças e adolescentes, divulgando e combatendo trabalho infantil. “A mão de obra infantil é sedora em vários aspectos e são altíssimos os índices de acidentes de trabalho e evasão escolar. Por isso a iniciativa da Prefeitura de Mogi das Cruzes é muito importante, mostrando para as próprias crianças e adolescentes o problema para que eles possam entender”, explicou o procurador do Ministério do Trabalho, Ruy Fernando Gomes Leme Cavalheiro, que prestigiou o evento e solicitou que a Administração Municipal notifique o órgão sempre que identificar alguma situação de trabalho infantil.

O vice-prefeito Juliano Abe também ressaltou a importância da estratégia para ampliar a conscientização sobre o tema na cidade. “Há uma falsa concepção e educação sobre o trabalho infantil. Muitos acham que o trabalho enobrece. Mas são situações diferentes e o que queremos deixar claro com essa ação é que a educação deve ser prioridade para as crianças”, explicou.

O vereador Edson Santos falou em nome da Câmara Municipal e endossou a importância da nova ação. “Precisamos esclarecer, conscietizar sobre o assunto. Porque trata-se de uma situação delicada diante da nossa realidade”, avaliou.

Histórico

Trabalho infantil é toda forma de trabalho exercida por crianças e adolescentes abaixo dos 18 anos. Até 14 anos, a proibição é total. De 16 a 18 anos a permissão é parcial, na condição de aprendiz, sendo proibidas atividades noturnas, insalubres e perigosas que possam prejudicar sua formação intelectual, física, moral, social ou psicológica.

Atualmente, os serviços de Convivência e Fortalecimento de Vínculos atendem cerca de 2.500 crianças e adolescentes em Mogi das Cruzes. Outras ações desenvolvidas: são mobilização social para conscientização da população a não dar esmola e não comprar produtos vendidos por crianças e adolescentes na cidade; campanhas intensificadas nos períodos de festas de final de ano e férias escolares, quando há maior incidência de crianças e adolescentes em situação de mendicância e trabalho infantil.

Para diagnóstico municipal, a equipe Serviço de Abordagem Social Especializado em Crianças e Adolescentes realiza abordagens programadas (às quintas, sextas, sábados e domingos) para identificações de locais e ações que possam detectar ocorrências de mendicância e trabalho infantil.

As denúncias podem ser feitas ao Serviço de Abordagem Social Especializado em Crianças e Adolescentes 9 7185-0076; Conselho Tutelar Centro: 4799-3973; Conselho Tutelar Braz Cubas: 4798-6959 e Disque Direitos Humanos: 100.

Autor

Tudoem

Prefeitura de Mogi das Cruzes

secretaria de comunicação da prefeitura de Mogi das Cruzes

redator.ccc@pmmc.com.br

www.pmmc.com.br

Comentários

Voltar ao Topo